PMs flagram bebê e criança de 1 ano abandonados e sem comida em bairro da Capital

Mãe estava trabalhando e pai foi abordado em outro bairro, armado

Durante rondas pela “Operação Carnaval”, policiais militares se depararam com uma situação inusitada e comovente na noite dessa sexta-feira (1), ao ser abordado em atitude suspeita, um homem que foi flagrado com arma de fogo disse aos policiais que precisava ir até sua casa, pois seus dois filhos de um ano e uma bebê de 7 meses estavam sozinhos em casa.

Conforme informações policiais, por volta das 20h eram feitas rondas pelo bairro Caiçara, em Campo Grande, quando dois homens em uma moto, em atitude suspeita, foram abordados. Eles estavam com uma arma de fogo, uma garrucha combo, que funciona tanto no  calibre 22 quanto no calibre 36. O carona de 23 anos disse aos policiais que precisava ir até sua casa no bairro Coophamat pois seus dois filhos haviam ficados sozinhos.

Para surpresa dos policiais, quando chegaram no local se depararam com uma bebê de sete meses e um menino de um ano, sozinhos, trancando em um cômodo em situação precária e sem comida.

“Estavam em um quarto com a porta cadeada e acordados, deitados em um colchão, acreditamos que estavam há umas duas horas sozinhos. No local não tinha comida e nem leite, a casa não tinha condições de higiene”, conta uma das policiais da 10ª Companhia Independente da PM, que atendeu a ocorrência. Dentro do cômodo em que as crianças ficavam, havia uma torneira que pingava água dentro de uma banheira, quando os policiais chegaram a banheira estava cheia, um risco para as crianças.

PMs flagram bebê e criança de 1 ano abandonados e sem comida em bairro da Capital
Foto: Arma que supostamente foi usada em um assalto e celulares apreendidos. Foto: Divulgação

Emocionada, ela relata que os próprios policiais compraram bolachas e leite e alimentaram as crianças. “Eles estavam com fome e o que me chamou a atenção é que eles devem ficar sozinhos com frequência, pois o menino cuida da bebê e antes mesmo de comer, se preocupou em dar comida primeiro para a irmã”, conta.

A mãe das crianças, de 26 anos, trabalha como gerente de uma boate, conforme informações policiais, e deixa as crianças aos cuidados do pai para ir trabalhar. Ainda conforme informações da polícia, os menores não tinham sinais aparentes de maus-tratos. Eles foram encaminhados para o Conselho Tutelar e os pais para a Delegacia de Polícia por abandono de incapaz, sendo que o pai também foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Arma usada em roubos

A Polícia acredita que a arma apreendida foi usada em roubo a um comércio na mesma região em que foram abordados.

Os dois homens que foram abordados, não assumiram a autoria do crime, que será investigado, mas pelas características da arma, a polícia acredita que seja a mesma.

Toda a ação foi filmada por câmeras de segurança do local e mostram dois homens entrando em um comércio e com uma arma bem parecida com a apreendida, rendem o caixa, pegam alguns produtos e vão embora.

Não há informações se os autores já têm passagens pela polícia. Além das duas armas, vários aparelhos celulares foram encontrados com os dois homens.

PMs flagram bebê e criança de 1 ano abandonados e sem comida em bairro da Capital
Mais notícias