Dupla é presa por matar corretor de imóveis para roubar cerveja e cachaça

Pedro foi agredido com uma tijolada na cabeça e logo depois foi morto a facadas

Dois homens foram presos pela morte do corretor de imóveis Pedro Batista dos Santos Neto de 44 anos, assassinado no último dia 21 em uma propriedade rural em Porto Murtinho, cidade a 440 quilômetros de Campo Grande.

Pedro estava em seu estabelecimento comercial, quando foi morto pelos suspeitos que levaram caixas de cerveja e cachaça do local.

De acordo com o site MS em Foco, um dos envolvidos já estava preso e, nesta sexta-feira (02), os investigadores prenderam outro que tinha sido detido, mas foi liberado por falta de provas.

De acordo com informações, os dois foram ao estabelecimento comercial da vítima com a intensão de roubar cervejas. No local, Pedro foi agredido com uma tijolada na cabeça e logo depois foi morto a facadas. Do local, os dois fugiram levando caixas de cerveja e dois litros de cachaça.

Mais notícias