Filhos morrem e mãe fica em estado grave ao serem atropelados em perseguição policial

A professora foi socorrida e encaminhada ao hospital de Nova Andradina

No início da noite deste sábado (28), uma criança e uma outra pessoa morreram após serem atropeladas por um veículo que estava fugindo da polícia depois de furar um bloqueio nas imediações da BR-267. A mãe deles, uma professora identifica apenas como Simone, também foi atingida e ficou em estado grave sendo levada ao hospital de Nova Andradina, a 297 quilômetros da Capital.

O crime aconteceu próximo a rotatória da MS-134, que fica no distrito da Nova Casa Verde, a cerca de 56 quilômetros de Nova Andradina. Segundo informações preliminares, o veículo era dirigido por um homem e estava em alta velocidade quando atropelou a família que estava indo para à rodoviária. Houve troca de tiros durante a perseguição.

Ainda de acordo com as informações, a família estaria no canteiro da rodovia e o veículo teria pulado o canteiro atingindo as três pessoas. Com o impacto sendo muito forte, os dois filhos da professora morreram no local e a mãe foi socorrida por uma unidade do Corpo de Bombeiros.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) fazia a perseguição ao veículo suspeito que após ter atropelado a mãe e os dois filhos, colidiu em uma carreta e ficar preso dentro do carro, segundo o Jornal da Nova. Já preso, populares que estavam revoltados com a cena, queriam linchar que estava na viatura da polícia, ainda conforme o diário local.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil de Nova Andradina estão no local fazendo todo o levantamento da fatalidade, e também estão dando o suporte aos policiais federais que estavam na perseguição.

Mais notícias