Dois são presos em MS com carreta roubada enquanto motorista era mantido refém no MT

Samuel Pantaleão Nunes, de 32 anos e Jesiane Ferreira de Amorim, de 33 anos, foram presos em Corumbá por causa de uma carreta roubada no estado de Mato Grosso que seria levado à Bolívia.

As prisões e apreensão foram feitas pela Receita Federal e as Polícias Civis de Mato Grosso e de Ladário. Durante a prisão, o proprietário do veículo era mantido refém pela quadrilha em Várzea Grande (MT), e foi liberado pelos bandidos após a prisão dos dois em Corumbá.

De acordo com a Polícia Civil os dois foram presos após equipe da Receita constatar irregularidades na documentação de viagem. Samuel não apresentava autorização de transporte internacional e tentava atravessar a carreta para a Bolívia com um documento MIC/Lastre, falso.

Ainda segundo a polícia, ao ser indagado, Samuel não soube dizer com precisão o que iria fazer no país vizinho. Ele informou ainda que quem lhe entregou o documento para cruzar a fronteira foi Jesiane que pediu para ele mandar a localização via aplicativo Whatsapp.  Jesiane, moradora de Corumbá, foi presa por ter entregue o documento falso a Samuel.

No mesmo momento, os policiais entraram em contato com o proprietário do veículo que era mantido refém. Ele chegou a atender o telefone, porém entrava em contradição já que estava sob a mira de arma de fogo dos demais membros da quadrilha. Como o cerco foi se fechando, os autores que mantinham a vítima em cativeiro o liberaram.

Mais notícias