Corpo encontrado amarrado é de homem que matou mulher e jogou em poço

Crime aconteceu em 2012 e ele confessou que cometeu o homicídio após um desentendimento

O corpo de Wagner Sebastião dos Santos Haak, de 27 anos, foi encontrado na manhã desta quinta-feira (18) com os pés e mãos amarrados na rua Arapongas, em Dourados. A vítima estava foragida do presídio semiaberto. Ele confessou ter matado uma mulher, em 2012, e jogar seu corpo em um poço.

Wagner estava enrolada em um lençol, com os pés e mãos amarrados. A polícia encontrou marcas de agressões e de enforcamento. A suspeita é de que o homem tenha sido morto em outro lugar e corpo desovado no terreno baldio. A vítima foi reconhecida pelo cunhado.

De acordo com o site Dourados News, em novembro de 2012 ele foi preso suspeito de ter matado Ana Moraes Marcelino, de 54 anos. O corpo da vítima foi encontrado em um poço em Carumbé, distrito de Itaporã, em avançado estado de decomposição.

Ainda segundo o Dourados News, na época o rapaz relatou que estava na casa da vítima bebendo, quando os dois se desentenderam e ele a matou.

Mais notícias