Confronto de facções em presídio na fronteira terminou com preso ferido a facadas

Membros do PCC teriam atacado os rivais do Clã Rotela, facção paraguaia

Confronto entre integrantes de uma facção criminosa do Paraguai e o PCC (Primeiro Comando da Capital) dentro da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com a cidade sul-mato-grossense de Ponta Porã, terminou com um dos presos feridos a facadas. Conforme as informações das autoridades paraguaias, a briga já foi controlada na unidade.

O confronto entre os membros de facção criminosa mobilizou a equipe da Polícia Nacional e policiais da força antimotim na tarde desta segunda-feira (25). Eles conseguiram controlar a situação com tiros de borracha. Não há informações sobre outros feridos.

A briga pelo controle da prisão teria se iniciado por volta das 13h, quando membros do PCC teriam atacado os rivais do Clã Rotela, um grupo criminoso que controla a venda de entorpecente dentro das unidades penitenciárias do Paraguai.

Conforme o site Porã News, o interno do Clã identificado como Ever Ruben Alonso Lugo foi ferido por facadas. Ele foi levado ao Hospital Regional da cidade para receber atendimento médico.

Confronto de facções em presídio na fronteira terminou com preso ferido a facadas
Mais notícias