Confronto de facções em presídio na fronteira terminou com preso ferido a facadas

Membros do PCC teriam atacado os rivais do Clã Rotela, facção paraguaia

Confronto entre integrantes de uma facção criminosa do Paraguai e o PCC (Primeiro Comando da Capital) dentro da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com a cidade sul-mato-grossense de Ponta Porã, terminou com um dos presos feridos a facadas. Conforme as informações das autoridades paraguaias, a briga já foi controlada na unidade.

O confronto entre os membros de facção criminosa mobilizou a equipe da Polícia Nacional e policiais da força antimotim na tarde desta segunda-feira (25). Eles conseguiram controlar a situação com tiros de borracha. Não há informações sobre outros feridos.

A briga pelo controle da prisão teria se iniciado por volta das 13h, quando membros do PCC teriam atacado os rivais do Clã Rotela, um grupo criminoso que controla a venda de entorpecente dentro das unidades penitenciárias do Paraguai.

Conforme o site Porã News, o interno do Clã identificado como Ever Ruben Alonso Lugo foi ferido por facadas. Ele foi levado ao Hospital Regional da cidade para receber atendimento médico.

Mais notícias