Comerciante estava com documentos de indígenas retidos havia 1 ano

A Guarda Municipal de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, prendeu nesta segunda-feira (12) um comerciante que reteve por um ano os documentos de uma indígena, na região do Parque Alvorada.

O suspeito se aproveitava para fazer saques do benefício do Bolsa Família em nome da vítima. Após denúncia, a equipe foi ao local e encontrou o comerciante com os documentos, o cartão de benefício em um comprovante de pagamento.

O homem afirmou que, por todo esse tempo, estava apenas guardando os objetos para a mulher. Diante dos fatos, ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, para prestar esclarecimentos acerca dos fatos.

Mais notícias