Cliente é chamado de ‘bugre sujo’ e agredido por funcionário de lanchonete

Denunciou o caso à polícia

Jovem de 19 anos foi vítima de injúria racial e lesão corporal na madrugada de domingo (9), em uma lanchonete de Dourados, cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande. Ele denunciou o caso à polícia na manhã do mesmo dia.

Conforme relatado pelo rapaz, ele estava na lanchonete quando derrubou acidentalmente a bebida no chão. Neste momento, um dos funcionários foi fazer a limpeza e disse ao jovem “bugre sujo, sai daqui”.

A vítima pagou o lanche e foi reclamar sobre o ocorrido no caixa, quando o mesmo garçom começou a empurrar o rapaz até a calçada. Outros dois homens chegaram, mas não ajudaram a vítima, que ainda foi agredida pelo garçom.

De acordo com o registro policial, o autor das agressões deu chutes na vítima e ainda a arrastou pelo chão. “Eu tenho dois filhos pra criar e você vem aqui fazer bagunça, seu bugre sujo, sai daqui”, teria repetido o agressor.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, quando há intenção de ferir, e injúria, se consiste na utilização de elementos referentes à raça, cor, etnia, religião, origem ou condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência.

Mais notícias