Chefe do Comando Vermelho é preso no Paraguai e pode ser expulso

Ação foi realizada pela Polícia Nacional nesta quarta-feira

Suposto líder da facção CV (Comando Vermelho) foi preso pela Polícia Nacional nesta quarta-feira (13) em Presidente Franco, no Paraguai. Carlos Alberto de Lima da Silva, mais conhecido como Cascão, estava foragido da prisão no Brasil, onde cumpria pena por tráfico de drogas e organização criminosa.

A prisão foi realizada em uma casa localizada na região de Presidente Franco. Dois mulheres que o acompanhavam foram presas por apresentarem documentos falsos. No bairro Boquerón II, em Ciuda de Este, foi presa uma comparsa dele, identificada como a paraguaia Adelaida Esther Servián Santacruz.

Nas ações foram apreendidas duas pistolas, munições, um automóvel e celulares. A fiscal Denice Duarte informou que está sendo realizado pedido de expulsão de Cascão que pode ser entregue às autoridades brasileiras nesta quinta-feira. Quanto às mulheres que o acompanhavam, a situação delas é investigada.