Campo-grandense é preso após roubar escritório de advocacia no interior

Falou que comprou barato, mas acabou autuado por furto

Um campo-grandense de 28 anos foi preso neste sábado (21) acusado de arrombar e roubar um escritório de advocacia na região central da cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande.

Policiais civis viram o homem em atitude suspeita e ao abordá-lo, ele estava com um notebook e três celulares. O suspeito foi levado para a delegacia, onde disse que mora em Campo Grande e estava hospedado em um hotel no centro da cidade, na companhia da esposa que está grávida.

O homem contou que estava em Dourados a procura de emprego e que os eletrônicos eram de propriedade dele. De acordo com o site Dourados News, por coincidência, no momento que o homem estava prestando depoimento, um advogado de 48 anos, compareceu na delegacia para denunciar o arrombamento do escritório dele, de onde foi levado um notebook e três celulares.

Diante da denúncia o homem acabou confessando que tinha comprado os equipamentos por um preço barato, para revender. Ele foi autuado em flagrante por furto.

Mais notícias