‘Calote’: sobrinho de vereador compra gado de assentados, não paga e deixa conta para a mãe

Suspeito comprou 23 cabeças de gado por R$ 30 mil e não pagou

Sobrinho de um vereador de Itaquiraí foi indiciado por estelionato por ter aplicado dois golpes em moradores de um assentamento da cidade. Investigações apontaram que, entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018, o suspeito comprou 23 cabeças de gado no valor de R$ 30 mil, revendeu os animais por um preço inferior e deu calote nos assentados. Por fim, a conta com os produtores teve de ser quitada pela mãe do autor..

De acordo com informações do site Edson Luis Ubeda, responsável pelo caso, o autor se aproveitava do parentesco com o vereador para conseguir comprar o gado sem precisar apresentar uma garantia pela compra. As negociações foram feitas nos dias 4 de dezembro e 21 de janeiro.

Após as compras, o suspeito vendeu 16 das 23 cabeças de gado por R$ 10 mil, mesmo assim, ele não cumpriu o combinado com os assentados e deixou de fazer o pagamento de parte do valor devido pelos animais.

As vítimas registraram o caso na delegacia da cidade e equipe de investigação identificou o local onde estava o gado. Os animais que não haviam sido vendidos foram devolvidos para os donos e o dinheiro dos que já tinham sido comercializados será ressarcido pela mãe do autor.

 

Mais notícias