Brasileiro do PCC apresenta documento falso e acaba preso na fronteira

Suspeito tem um coringa tatuado na perna

Agentes de Investigação Criminal do departamento paraguaio de Amambay prenderam na noite de quarta-feira (04) o brasileiro Mário Sérgio Ferreira, suposto integrante da facção criminosa (Primeiro Comandos da Capital). Ele foi capturado durante abordagem em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã.

De acordo com o jornal ABC Color, na abordagem, os policiais desconfiaram da documentação apresentada pelo homem e acionaram autoridades brasileiras que confirmaram a identificação por meio das impressões digitais. A foto da carteira de identidade dele não condizia com os dados inseridos.

A prisão ocorreu em um pensionato na Rua Ruy Díaz de Guzmán, entre as ruas Corochiré e María Rojas, no Jardim Aurora. A suspeita é de que ele seja ligado ao , em razão de uma tatuagem de um coringa na perna, desenho muito usado pelos membros da facção e significa que são “matadores de policiais”.

Brasileiro do PCC apresenta documento falso e acaba preso na fronteira
Mais notícias