Borracheiro e motorista de caminhão são presos com 85 quilos de cocaína

Droga estava escondida embaixo da cama; PM recebeu denúncia sobre tráfico de drogas

Borracheiro de 28 anos e idoso de 61 anos, motorista de caminhão, foram presos suspeitos de esconderem embaixo de uma cama, 85 quilos de cocaína. A prisão aconteceu na sexta-feira (13), após denúncia anônima, em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande. 

Guarnição da Polícia Militar realizava rondas nas proximidades da BR-262,  quando foi abordada por uma pessoa, informando que um carro com placas da Bolívia, entrou em estacionamento e seria sempre o mesmo veículo que transporta droga do país vizinho.

Os policiais foram até o endereço onde funciona uma borracharia e encontraram uma carreta Scania estacionada. O motorista do veículo de 61 anos, acompanhou as buscas feitas na carreta, segundo informações do Diário Corumbaense, mas nada de ilícito foi encontrado. 

Os policiais conversaram com o idoso e descobriram que ele já foi preso por descaminho (crime contra a ordem tributária) em Foz de Iguaçu.

O borracheiro também conversou com a equipe policial e ficou nervoso, levantando suspeitas. Os policiais falaram sobre a denúncia que receberam, o borracheiro disse não ter conhecimento de nada, mas depois confessou o crime. Ele contou ter recebido a droga de um boliviano e que a carga estava em sua casa, no bairro Centro América.

A equipe da PM foi até a residência junto com o homem e encontrou a cocaína embaixo da cama, distribuída em vários tabletes. Um revólver calibre 32 foi encontrado no guarda-roupa do quarto. O borracheiro confirmou que o dono da droga era o caminhoneiro, conforme o boliviano que fez a entrega relatou.

De volta ao estacionamento, o idoso já não estava mais no local. Os policiais fizeram buscas e o encontraram em um posto de combustíveis na rua Porto Carrero, esquina com a rua Ladário e foi preso.

Após pesada, a cocaína totalizou 84,9 quilos, sendo 37,8 quilos de cocaína e 47,1 quilos de pasta base. Os dois homens presos foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil onde foi feito o flagrante de tráfico de drogas.

Mais notícias