Bombeiro é ameaçado por internos após denunciar furto na Casa do Albergado

Moto sumiu de estacionamento onde ficam motocicletas

Um bombeiro que cumpre pena no Estabelecimento Penal de Regime Aberto e Casa do Albergado de Campo Grande está recebendo ameaças de morte dos internos da unidade, após denunciar o furto de sua motocicleta ocorrida no último dia 25 de novembro. O bombeiro, que foi afastado das atividades da corporação após ser condenado, terá a identificação preservada pela reportagem.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, o bombeiro chegou ao local por volta das 20h40, aonde vai apenas para pernoitar. No dia seguinte, às 5h da manhã saiu para ir ao trabalho, quando notou que sua moto Honda Falcon, que estava no estacionamento onde ficam apenas as motocicletas, já não estava no local.

O bombeiro registrou o furto e depois pediu que a unidade fornecesse as imagens das câmeras de segurança para a polícia, a fim de identificar o autor do furto. Após isso, alguns internos teriam ouvido o pedido e o bombeiro passou a receber ameaças dentro da unidade, de que se ele prosseguisse com o boletim de ocorrência, algo pior poderia acontecer com ele.

“Apesar de hoje estar vivendo na própria pele o outro lado da moeda, um dia eu prometi exercer com honra, dignidade e se necessário com a própria vida defender a população sul-mato-grossense. Hoje me encontro nessa situação, onde eu estou perplexo pois vejo a ausência total do poder público”, disse a vítima.

 

Mais notícias