Bolivianos são presos por pesca predatória no Pantanal

Estavam com 40 quilos de pescado das espécies Pintado e Chácara

Quatro bolivianos foram presos na tarde dessa quinta-feira (26), a apreensão ocorreu no rio Paraguai, próximo a cidade boliviana de Baia Negra, onde os infratores residem, a cerca de 200 quilômetros de Corumbá pelo rio.

Conforme informações da Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo, os bolivianos estavam em uma embarcação com motor de popa e transportavam, em uma caixa térmica, 40 quilos de pescado das espécies Pintado e Chácara.

A prisão dos homens de 45, 43, 55 e 60 anos, foi feita durante a operação piracema no Pantanal. Os peixes estavam frescos, indicando que foram capturados durante o período de piracema, ainda não tinham cabeça e vários exemplares apresentavam abaixo da medida permitida pela legislação. Os infratores afirmaram que adquiriram o pescado na cidade Boliviana de Baía Negra. O pescado, o barco e o motor foram apreendidos.

Os presos vão responder pelo crime ambiental de pesca predatória, a pena é de um a três anos de detenção. Os peixes apreendidos serão doados para instituições filantrópicas.

Bolivianos são presos por pesca predatória no Pantanal
Mais notícias