Encapuzados mantêm família em cárcere para roubar camionete

Um dos ladrões ficou com as vítimas por 4 horas

Na madrugada desta segunda-feira (28), três pessoas foram liberadas de cárcere privado em casa, em uma chácara de Porto Murtinho, que fica a 454 quilômetros de Campo Grande. As vítimas de 52, 56 e 79 anos tinham chegado da igreja quando foram surpreendidas pelos ladrões encapuzados.

Segundo as vítimas, elas tinham voltado da igreja quando foram rendidas por três homens encapuzados em casa. A família foi amarrada e mantida em cárcere privado por aproximadamente 4 horas, enquanto os ladrões pegavam objetos da residência.

Dois dos suspeitos fugiram com a Hilux das vítimas, enquanto o terceiro permaneceu no local. A suspeita é que a dupla tenha levado a camionete até o Paraguai ou Bolívia enquanto as vítimas eram mantidas em cárcere. O terceiro ladrão fugiu em uma motocicleta de origem paraguaia, quando as vítimas conseguiram se soltar e chamar a polícia.

Além do veículo, televisão e outros objetos da residência foram levados. O caso é tratado como roubo majorado pelo concurso de pessoas e é investigado.

Mais notícias