Bandido rouba motorista de aplicativo, capota carro e comparsa troca tiros com a polícia

Um dos autores do roubo fugia com o carro quando se deparou com policiais militares rodoviários

Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante na manhã deste sábado durante tentativa de fuga com um veículo roubado de um motorista de aplicativo em Dourados. Ele acabou encontrando Policiais Militares Rodoviários que voltavam de uma ocorrência e capotou o GM/Corsa Classic, placas de Lins (SP) durante a perseguição. A PMR ainda trocou tiros com um comparsa que o aguardava em uma motocicleta.

A vítima, um homem de 48 anos, disse que foi acionada para uma corrida por volta das 3h50 na Rua Joaquim Teixeira Alves. No local, dois homens armados se aproximaram e anunciaram o assalto. O motorista de aplicativo relatou que conseguiu sair do veículo que foi levado pela dupla e imediatamente acionou a polícia.

Por volta das 4h30, Policiais Militares Rodoviários da Base Operacional de Dourados retornavam à base localizada na rodovia MS-162 após o atendimento de um acidente de trânsito e notaram o veículo em alta velocidade no sentido ao distrito de Itahum. A equipe relatou que iniciou o acompanhamento tático e após 4km o motorista do carro perseguido perdeu o controle da direção e capotou.

Veículo ficou destruído (Divulgação/PMR)

Mesmo ferido, o homem saiu do veículo e correu em direção a uma plantação de milho, sendo cercado pelos policiais. Neste momento, os policiais viram uma motocicleta de cor vermelha se aproximar e desconfiaram que poderia ter alguma ligação com o caso. Ao se deslocar em sentido ao veículo, o piloto atirou por três vezes contra os policiais que revidaram a ação. O autor dos disparos acabou fugindo em direção a Itahum.

Já o condutor do veículo capotado foi abordado e confessou que havia acabdo de roubar o veículo em Dourados e seguiria até o Paraguai. Como estava ferido, foi encaminhado para atendimento médico e depois levado à delegacia.

O jovem já estava no banco de dados da polícia quando foi flagrado por posse irregular de arma de fogo de uso permitido em março deste ano. Como não havia completado 18 anos, o registro estava como adolescente infrator. A polícia segue em busca do outro homem e investigando o caso.

Mais notícias