Avó e neta são presas suspeitas de comandar boca de fumo

Extrato de conta bancária da idosa tinha movimentação financeira de R$ 30.449 em uma semana

Idosa de 62 e jovem de 18, avó e neta, foram presas suspeitas de comandarem uma boca de fumo e uma casa de apoio ao tráfico de drogas, na tarde de sexta-feira (29), em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.

Os imóveis onde as drogas eram preparadas e comercializadas, estão localizados na rua Fernando Ferrari e o ponto de comercialização, na rua Brasil, ambas na região do João Paulo II, distante poucas quadras do 3º Batalhão de Polícia Militar e da delegacia do 2º Distrito Policial. 

Após investigações, segundo informações do Dourados News, as equipes se deslocaram até os endereços e flagraram a idosa em uma casa e a jovem, na outra. Com elas, os policiais encontraram 83 gramas e mais 18 papelotes de pasta base de cocaína, além de R$ 2.855, balança de precisão e um mostruário de semijoias sem procedência.

Quando foram abordadas, a idosa preparava as porções para a comercialização em um dos quartos da boca de fumo, enquanto a jovem, flagrada na outra casa, tentava esconder o entorpecente dentro do fogão. 

Os policiais militares ainda apreenderam um extrato de conta bancária da idosa, apresentando movimentação financeira de R$ 30.449 em uma semana. A suspeita é de que o ponto de comercialização era alvo de grandes negociações do tráfico. Avó e neta acabaram autuadas em flagrante pelo crime.

Mais notícias