Armas artesanais e pé de maconha são encontrados em presídio após varredura da polícia

10 detentos morreram em um motim na penitenciária

A varredura feita no presídio do estado de San Pedro, no Paraguai, a 254 quilômetros de Paranhos em Mato Grosso do Sul, nesta quinta-feira (20), a polícia paraguaia encontrou armas artesanais e até um pé de maconha dentro da penitenciária, onde no dia 16 aconteceu um motim com a morte de 10 detentos.

Depois de seis horas de varredura feita por 200 policias foram encontradas mais de 100 armas artesanais, celulares, além de um pé de maconha. No local estão 500 detentos do sexo masculino e 17 detentas do sexo feminino, segundo o site ABC Color.

A varredura feita pela polícia teve início por volta da 1 hora da madrugada desta quinta-feira (20), após um massacre no dia 16 acabar na morte de 10 presos, sendo que cinco foram decapitados e o restante carbonizado.

O motim começou com uma guerra entre a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), e o Clã Rotela, que tem como líder o rei do crack, Armando Rotela.

Mais notícias