Armado, homem se diz policial e invade hospital para agredir filho de paciente

Disse a vítima que matá-lo por mexer com sua esposa

Na noite deste domingo (5), um homem armado se dizendo policial civil invadiu o Hospital São Julião, no bairro Nova Lima e agrediu o filho de 42 anos, de um paciente internado a 12 dias no local.

Informações do boletim de ocorrência são de que a invasão teria acontecido por volta das 18 horas, quando o homem que se disse policial civil e entrou no hospital e encontrou a vítima que estava acompanhando seu pai, que estava internado a 12 dias.

Quando o autor avistou a vítima foi para ‘cima’ dela e passou a apertar seu pescoço e desferir tapas no rosto do homem afirmando que ia mostrar a ele como não mexer com a esposa dos outros. Funcionários do hospital tiveram de conter o homem, que saiu falando que ia ‘encher a cara de tiro’ da vítima na rua.

Depois foi descoberto que o homem não era policial e sim segurança de uma loja na Avenida Afonso Pena, e que sua esposa era auxiliar de enfermeira no hospital.

Mais notícias