Após desavença por causa de som, grupo tenta invadir casa de PM e jovem é baleado

Fatos ocorreram na madrugada deste domingo, em Campo Grande

Confusão por causa de som terminou com um jovem de 21 anos baleado depois de tentar invadir a casa um sargento da Polícia Militar na madrugada deste domingo (15), na região do Conjunto Estrela D’Alva II, em Campo Grande. Segundo boletim de ocorrência, os fatos tiveram início quando a PM foi acionada para atender ocorrência de perturbação de sossego em uma residência na Rua Jesuíta, onde ocorria uma festa.

No local, os policiais conversaram com o responsável, de 44 anos, identificado apenas como M.R.A, que recebeu orientações. Neste momento, o sargento, que reside nas imediações, chegou ao local e teve uma discussão com M.R.A. No entanto, o homem acabou as ordens da equipe e se comprometeu e não causar mais barulho.

A polícia afirmou que logo após, os envolvidos foram para suas residências e a viatura seguiu para rondas. No entanto, alguns momentos depois os policiais foram informados que no mesmo local de onde haviam acabado de sair, o jovem tinha sido baleado na perna sem gravidade, socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). 

A equipe então retornou e encontrou o sargento. Ele relatou que estava em sua residência, quando ouviu barulho de pessoas na frente de sua casa, chutando portando e tentando invadir o imóvel. Ele pegou uma arma e pediu que a esposa abrisse o portão, ocasião em que se deparou com vários desconhecidos.

O sargento alegou que o grupo ameaçava invadir a casa, incendiar o local e até mesmo estuprar a esposa. Além disso, diziam que iriam matá-lo. Diante dos fatos, o PM fez um disparo, para impedir a suposta invasão, ocasião em que a polícia foi acionada. No caminho para a delegacia, na frente da equipe, M.R.A. afirmou na frente dos militares que iria matar o sargento. O caso é investigado.

Após desavença por causa de som, grupo tenta invadir casa de PM e jovem é baleado
Mais notícias