Alvo de operação contra o PCC é encontrado com arma de brinquedo em residência

Confessou ser integrante da facção criminosa, mas disse que nunca cometeu nenhum ilícito

Um homem de 32 anos foi preso durante a deflagração da Operação Comando Fechado, em Dourados a 225 quilômetros de Campo Grande, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), nesta quinta-feira (7). Ele confessou ser membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), mas disse nunca ter feito nada de ilícito.

A prisão aconteceu no bairro BNH IV Plano, na casa do homem que não teve o nome revelado. Com o preso foi encontrado uma arma de brinquedo. A determinação da prisão do suspeito partiu de Campo Grande. Também foi apreendida na residência munições.

Segundo o site Dourados News, na delegacia ele confessou ser membro de uma facção criminosa, mas disse não ter passagens pela polícia e nunca ter cometido nenhum ilícito.

Foram cumpridos 62 mandados, sendo 46 de prisão e 16 de busca e apreensão, nos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo. Na cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo, um foragido foi recapturado. Ele havia sido preso em 2016, com 150 quilos de drogas, mas durante uma ‘saidinha’ não voltou. O preso, que não teve a identidade revelada, atuava para uma facção criminosa.

Mais notícias