Bombeiros resgatam primeiro corpo de vítimas de desastre aéreo na Capital

Devido ao impacto, aeronave 'cavou' buraco de 1,5m no solo, o que dificulta o resgate

O Corpo de Bombeiros realiza neste momento a retirada do corpo da segunda vítima do desastre aéreo que matou o médico Pedro Arnaldo Montemor dos Santos e sua esposa, Silvana Maria Pizzo, na manhã desta quarta-feira (15).

A dificuldade em remover os corpos ocorre porque devido ao impacto, a aeronave cavou um buraco de cerca de 1,5m no solo, deixando os corpos das vítimas presos às ferragens.

Ao constatarem que a remoção seria difícil, o Corpo de Bombeiros foi novamente acionado com o desencarcerador. Não há informações sobre qual vítima já foi removida.

O Jornal Midiamax acompanha o procedimento.

Mais notícias