Advogados ‘saem no tapa’ e acabam na delegacia após barraco em cartório

Os dois atuam em lados opostos do mesmo caso

Na tarde de terça-feira (20) uma briga entre dois advogados de Campo Grande terminou na delegacia. Os dois, um homem de 70 anos e um de 34 anos, resolviam uma situação de separação de bens no cartório, na região central da cidade, quando começou a briga.

Conforme o boletim de ocorrência, testemunhas chamaram a Polícia Militar após a confusão entre os advogados. Uma funcionária disse que estava trabalhando quando a briga começou na frente da mesa dela e se transformou em luta corporal entre os dois homens e ainda o filho do advogado de 70 anos.

Segundo relato do homem de 34 anos, o outro advogado o xingou e disse “Depois que você sair do cartório você vai se ver comigo”, partindo em seguida para agressão física e puxando a camiseta dele, que acabou rasgando. Ele ainda teria tentado dar uma rasteira no advogado e arrancado os óculos dele ao tentar dar um tapa no rosto.

Durante a briga, o filho do homem de 70 anos interveio e teve início uma briga generalizada. Ele contou que o pai foi xingado pelo outro advogado e se envolveu para defender o homem. Todos foram encaminhados pelos policiais para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro onde o caso foi registrado como ameaça, difamação e injúria.

Mais notícias