Acusado de matar homem em casa de shows morre em troca de tiros com a polícia

Crime aconteceu em dezembro de 2018

Foi morto em uma troca de tiros com a polícia João Vitor Gomes de 22 anos, conhecido como ‘ Catarino’. Ele morreu no fim da tarde desta quarta-feira (17), quando trocou tiros com militares da cidade de Querência do Norte, no Paraná. ‘Catarino’ era procurado após cometer um assassinato em Itaquiraí – a 402 quilômetros de Campo Grande.

João Vitor matou em dezembro de 2018 em uma boate de shows da cidade, Francisco Antônio de Lima, de 55 anos. Francisco estava na companhia de Marcos Vinicius Muller de 30 anos, e durante um desentendimento atirou nas costas de Marcos.

Quando Francisco foi conferir se a vítima havia morrido se deparou com João Vitor, que sacou uma pistola e atirou contra ele, que morreu no local, segundo o site Tá na Mídia Naviraí. Em seguida ao crime, ‘Catarino’ pegou a arma de Francisco e fugiu. Não se sabe o que teria motivado o assassinato.

Desde, então, João Vitor estava foragido e nesta quarta (17), quando a polícia havia recebido informações sobre mandados de prisão contra ele, ‘Catarino’ resistiu e na troca de tiros contra os policiais foi atingido e morreu.

 

 

 

Mais notícias