Acusado de matar a ex e o namorado dela é condenado a 62 anos e 3 meses de prisão

Vítimas foram assassinadas enquanto dormiam, em 2018

Durante julgamento realizado nesta quinta-feira (12), no Fórum de Aquidauana, a 135 quilômetros de Campo Grande, Edmauro Gamarra Vieira foi condenado a 62 anos e três meses de prisão pelo assassinato da ex-namorada Airyfer Castro, de 22 anos, e do namorado dela, Higor Quintana, de 21 anos. O júri foi presidido pelo juiz Ronaldo Gonçalves Onofre.

Conforme noticiado, o crime aconteceu em março de 2018, quando Edmauro invadiu a casa da mãe de Airyfer e esfaqueou o casal que dormia no quarto. Higor chegou a correr, mas caiu morto na varanda da casa. Já a jovem foi socorrida e levada para o hospital, mas morreu quando recebia atendimento. Após o crime, Edmauro fugiu, mas no final se entregou na Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana. No momento em que chegou ao local, ainda estava com as mãos sujas de sangue. 

O julgamento dele deveria ter ocorrido em maio, mas a defesa alegou falta de segurança e entrou com recurso pedindo cancelamento e agendamento para outra data, em outra Comarca. O júri foi adiado, mas a justiça entendeu que não haveria necessidade de ser realizado em outra cidade.

Mais notícias