Acusado de agressão marcaria casamento quando flagrou traição de noiva

Homem denunciado por violência doméstica na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro de Campo Grande neste domingo (16), em Campo Grande, para apresentar sua versão dos fatos. Ele alega que agiu com agressividade depois de flagrar a noiva na cama com o ex-marido dela, no dia em que marcariam o dia do casamento.

Segundo boletim de ocorrência, o homem assume ter agredido a mulher, mas diz que também se feriu. Ele conta que no dia 8 deste mês, foi na casa dela, com o intuito de agendar o casamento, mas foi surpreendido ao vê-la mantendo relações sexuais com o outro homem. A mulher e este homem supostamente estariam separados, mas ainda moravam no mesmo imóvel.

Ao flagrar a traição, diz que perdeu a cabeça e partiu para cima dos dois e acabou sendo agredido pelo outro com uma facada na mão que causou corte profundo, fazendo com que os nervos dos dedos fossem rompidos. Desde então, passou a ser alvos de ameaças por parte do outro e do filho da ex e decidiu acionar a Polícia Civil.

Mais notícias