Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Preso acusado de ocultar corpo de adolescente e jogar em córrego em Campo Grande

O autor do crime já foi identificado e está foragido

Um dos suspeitos de participar do assassinato de Wando Maximinio Nunes, de 17 anos, e jogar o corpo dentro do córrego Lageado, na BR-163, foi preso na noite deste domingo (23), horas depois da descoberta do crime. Foi preso Lindomar, já seu primo identificado como Leandro está foragido.

Lindomar foi preso em uma residência no bairro Lageado, em Campo Grande, por equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações), por volta 23h30 deste domingo (23). Eles foram autuados por ocultação de cadáver.

O autor dos disparos, identificado como Alex Alexandre, de 26 anos, está foragido. Ele tem várias passagens por homicídio em 2016, lesão corporal, violência doméstica, furto e latrocínio quando adolescente.

A motivação para o crime ainda não foi revelada, mas informações são de que Wando e Alex tinham uma rixa antiga.

Em depoimento, Lindomar disse que Alex teria encontrado com Wando logo pela manhã de domingo (23) e que a vítima estava com uma arma de brinquedo, momento em que o autor tirou um revólver da cintura e acidentalmente efetuou um disparo na nuca.

Alex teria chantageado Lindomar e Leandro para que se livrassem do corpo, se não mataria os dois.

 Crime

A polícia foi acionada pela manhã de domingo (23), após moradores das imediações avistarem o corpo dentro do córrego. O corpo apresentava tatuagens no braço direito, com desenhos de palhaços, dados e do às de espada. A vítima foi morta com um tiro na nuca.

A estrada vicinal também apresentava rastros de sangue, que podem indicar que o corpo foi arrastado até o local onde foi encontrado.

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...