Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Pedreiro é condenado a 4 anos de prisão por tentar matar a ex-companheira

Renato chegou atrasado no júri e acabou não sendo ouvido

O pedreiro Renato Franca Sampaio, de 25 anos, foi condenado a quatro anos de prisão em regime aberto pela tentativa de homicídio contra sua ex-companheira, de 33 anos, em março de 2014. O caso aconteceu no bairro Guanandi, em Campo Grande.

O pedreiro, que chegou atrasado no júri e acabou não sendo ouvido, foi condenado por homicídio doloso simples, na forma tentada.

Na sentença, o juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Carlos Alberto Garcete de Almeida, apontou que não há causas de aumento de pena, no entanto, o crime foi qualificado na forma tentada.

Caso

No dia 30 de março de 2014, por volta das 15h, Renato, utilizando duas facas, tentou matar sua esposa na época. Ele havia descoberto uma suposta traição. Irritado por conta da desconfiança, o acusado pegou duas facas e investiu contra a mulher, parando a agressão quando achou que ela estivesse morta. Um tio do autor também foi golpeado quando tentou intervir. Ele foi atingido no abdômen.

O acusado e a vítima conviviam maritalmente e possuíam um filho. Antes do crime, a vítima já havia terminado o relacionamento com o réu, em virtude de sua agressividade e por ser usuário de drogas. Em outubro de 2013, reataram o relacionamento.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...