Moradora da Capital cai no golpe do falso prêmio por telefone e perde R$ 4,7 mil

Uma mulher de 30 anos moradora de Campo Grande perdeu mais de R$ 4,7 mil em um golpe do falso prêmio aplicado pelo telefone na manhã desta quarta-feira (22). Na quarta delegacia, a vítima contou que recebeu uma ligação, na qual o golpista disse que ela tinha sido premiada em um sorteio da Loteria Federal.

O estelionatário então “a orientou” para retirar um saldo bancário para o suposto depósito do prêmio de R$ 28 mil. Ela então fez o saldo e, daí, o golpista pediu vários depósitos, que totalizaram R$ 4.766, para retirar o falso prêmio. Após pedir mais depósitos, a mulher percebeu que havia caído em um golpe.

Cada dia mais frequente, os golpes por telefone são variados e alguns cuidados podem ser tomados para se evitar, ou pelo menos tentar não cair neles. É o que diz a delegada responsável pela assessoria de comunicação da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Sidnéia Catarina Tobias.

Para a delegada, o primeiro passo, e um dos mais importante, é não passar qualquer dado pessoal por telefone, seja documentos ou informações sobre familiares. “Em casos de golpes bancários, se você realmente tiver conta na agência eles vão passar alguns números para você completar. Se a pessoa do outro lado não tiver qualquer informação sobre isso não passe”.

Mais notícias