Justiça decreta prisão preventiva de marido que matou mulher a facadas no Itamaracá

Mulher foi morta com oito facadas no pescoço

A Justiça decretou a prisão preventiva de Douglas Almeida Soares da Silva de 24 anos, nesta segunda-feira (21), em audiência de custódia. Ele matou a esposa Joice dos Santos Sampaio de 28 anos, com oito facadas no Bairro Jardim Itamaracá.

Em fevereiro deste ano, Joice havia registrado um boletim de ocorrência por ameaça contra Douglas e uma medida protetiva foi dada a jovem, que acabou perdendo a vida na última sexta-feira (18) ao ser assassinada pelo marido com oito facadas no pescoço.

Em depoimento, ele contou que tentou se defender das agressões da esposa, que estava armada com uma faca. Mas, o fato foi contestado por peritos que não encontraram sinais de defesa na vítima.

O crime

Uma vizinha contou à polícia que por volta das 13 horas de sexta-feira (18), o homem bateu em sua porta e pediu para que ela salvasse a bebê. Em seguida, ele caiu desacordado. “Eu estava em casa assistindo televisão, ele bateu na minha porta todo ensanguentado e pediu para que eu pegasse a criança”, disse.

Na casa, a vizinha encontrou a filha do casal engatinhando próximo à porta de saída. No chão, policiais encontraram uma faca de aproximadamente 20 centímetros com marcas de sangue. A gaveta do armário da cozinha onde facas eram guardadas também estava aberta. A suspeita é de que, durante uma briga, marido e mulher tenham se agredido.

Vizinhos disseram que os jovens moravam no local desde o fim do ano passado e que nunca ouviram brigas entre eles.

Justiça decreta prisão preventiva de marido que matou mulher a facadas no Itamaracá
Mais notícias