Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Jovem suspeito de matar gerente com nove facadas na Capital ganha liberdade

Lucas Santos Mesquita, 18, suspeito de matar a facadas o gerente lojas de ferragens, José Rodrigo Chaves, de 35 anos, foi posto em liberdade pela Justiça neste sábado (01) em Campo Grande. O juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, foi quem autorizou a soltura e utilização de tornozeleira eletrônica, nesta sexta-feira (31).

Após o corpo do gerente ser encontrado, Lucas foi localizado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino recebendo atendimento.

Lucas estava com ferimentos no pescoço e braço devido a luta corporal com José Rodrigo. No dia do crime, o gerente estava em um bar com mais dois amigos, que foram embora o deixando na companhia de um desconhecido.

O corpo do gerente foi encontrado na manhã desta segunda-feira (6), em um apartamento na Rua Bahia, no Monte Castelo. José foi assassinado com nove facadas, nas costas e orelha.

Funcionários de uma casa de bolos que fica embaixo do condomínio de apartamentos receberam um telefonema do patrão da vítima perguntando por ele, já que não tinha ido trabalhar.

Um dos funcionários foi até o primeiro andar, onde fica o apartamento da vítima, e viu marcas de sangue na escada. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o corpo encontrado na sala, só de short e sem camisa. A filha do patrão de José, que foi até o local, contou que o apartamento tinha sido cedido pelo pai dela para que a vítima morasse, já que estava há pouco tempo na Capital, cerca de 4 meses. Ele morava sozinho no imóvel.

Comentários
Carregando...