Por um triz: PM resgata jovem que passava por ‘Tribunal do Crime do PCC’

Quatro homens foram presos

Um jovem de 19 anos que passava pelo ‘Tribunal do crime do PCC’ na noite desta quinta-feira (21),  no São Jorge da Lagoa, em Campo Grande, foi libertado por equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais). Quatro pessoas foram presas.

O delegado Rodrigo Camapum disse ao Jornal Midiamax que a denúncia anônima de que um rapaz havia sido sequestrado e levado amarrado até uma casa do bairro mobilizou equipes do Bope por volta das 21 horas.

Com o endereço, os policiais chegaram até a casa e ouviram conversas. Em um determinado momento, um dos presos disse: “se não confessar, vai morrer”. Nesse momento os militares invadiram a casa.

Dentro da casa, os policiais flagraram quatro homens de 18, 23 e 46 anos, sendo que um deles estava armado com um revólver calibre 38. A vítima estava amarrada pelos pés e com as mãos livres.

Os quatro autores negaram que estavam fazendo ‘Tribunal do Crime’ e afirmaram que estavam no local só para consumirem drogas. A vítima disse aos policiais que só seria espancada e não morta.

Mas a polícia acredita que interrompeu mais um dos julgamentos do PCC. Segundo o delegado, quando o Bope chegou, os criminosos ainda estavam na fase de ‘interrogatório’.

Os homens foram presos e levados para a delegacia.

 

 

Mais notícias