Segurança pede para mulher descer da cadeira e é baleado quatro vezes

O suspeito foi surpreendido por policiais e acabou sendo ferido

Um homem de 25 anos foi preso na madrugada desse domingo (13) depois de tentar assassinar um segurança, de 28 anos, em um clube noturno de Três Lagoas, a 326 quilômetros de Campo Grande. O suspeito foi surpreendido por equipe da força tática e acabou sendo ferido.

De acordo com informações do site Patrulha News, por volta das 04h10, os policiais pararam próximo a um clube noturno no bairro Nova Três lagoas, pois a festa estava sendo encerrada e para manter a ordem pública na região, os policiais observavam a saída dos frequentadores do local.

Logo após a polícia chegar no local, foram ouvidos disparos vindos do interior do clube. Após testemunhas darem as características do autor dos tiros, dois policiais se aproximaram da entrada do clube noturno e viram o suspeito armado saindo do local.

Policiais deram ordem de que o rapaz soltasse a arma, mas como ele não obedeceu a voz de comando dos policiais, um disparo foi efetuado, atingindo o braço do suspeito, que soltou a arma.

Ele recebeu voz de prisão e foi socorrido para o pronto socorro do hospital em Três Lagoas.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO 

Ao site Patrulha News, a vítima declarou que a confusão teria começado após o suspeito se irritar com uma ação dele. O segurança pediu que uma mulher que estava em pé, dançando sobre uma cadeira descesse e viu que o rapaz (que estava em companhia da mulher) ficou irritado e começou a seguir a vítima dentro do estabelecimento enquanto a festa continuava.

Os dois acabaram discutindo e o segurança teve a camiseta rasgada pelo suspeito, que foi expulso da casa noturna. No fim da festa, o homem armado de um revólver calibre 32, voltou ao estabelecimento e ao entrar no salão, começou a “caçar” a vítima.

O segurança, ao perceber que seria ferido, fugiu enquanto o suspeito efetuou cerca de três disparos contra a vítima que não foi atingida. O homem ainda efetuou um quarto disparo contra o segurança antes de sair e ser surpreendido pelos policiais.

Mais notícias