Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Homem agride esposa e inventa história de furto em casa para não ser preso

Um homem de 26 anos mentiu para a polícia que sua casa havia sido furtada, para que não descobrissem que ele tinha acabado de agredir a esposa. O caso aconteceu nesta quinta-feira (09) no Parque São Carlos em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande.

O agressor parou policiais na madrugada desta quinta, em uma viatura nas proximidades de sua casa e disse que a residência tinha sido invadida e furtada. Ele também contou que os supostos ladrões tinham levado objetos do local. A polícia entrou na casa e a encontrou revirada.

De acordo com o site JPNews, enquanto os policiais olhavam a casa, o jovem saiu correndo e gritando que o ladrão estaria fugindo pela rua. A equipe foi atrás, e encontrou o homem caído na rua. Logo depois, ele falou que tinha acabado de ser agredido a paulada, pelo suposto ladrão. Ainda sem acreditar no jovem, a equipe fez buscas pelo bairro, quando encontrou sua companheira chorando. Ele então avançou contra ela, dizendo que a mesma havia furtado a casa.

A mulher de 32 anos contou à polícia que saiu de casa às 19h30, pois o agressor estava embriagado e destruiu o interior do imóvel. Ela disse ainda, que convive com o agressor há 10 meses e que a violência e o alcoolismo são frequentes.

O agressor ainda ameaçou a vítima, dizendo que “ela jamais teria paz, mesmo sob denúncia”. Ele confessou aos policiais que quebrou os móveis por estar nervoso e foi detido por falsa comunicação de crime e violência doméstica. Dentro da viatura, ele teria tentado se enforcar, utilizado um cordão de blusa envolto, mas foi contido pelos policiais. Ele foi preso em flagrante e levado à delegacia.

Você pode gostar também