Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Dois presos em flagrante por pedofilia são soltos em menos de quatro dias

Dois idosos, de 80 e 62 anos foram soltos pela Justiça após serem presos por estupro de vulnerável nos últimos quatro dias. O de 80 anos foi preso em flagrante na última sexta-feira (07) em Aquidauana, suspeito de estuprar uma menina de 12 anos há dois anos.

Já o outro é suspeito de estuprar uma menina de 8 anos em Dois Irmãos do Buriti, nesta segunda-feira (10).

O juiz responsável pelas duas decisões, Giuliano Máximo Martins, contou que no caso de Aquidauana, por ter 80 anos, foi concedida ao suspeito prisão domiciliar. A mãe da menina, presa por conivência, foi liberada, porém ela não pode ter contato com a filha.

Já no caso de Dois Irmãos, o magistrado justificou que, por não ter sofrido violência e por ter sido um primeiro contato, foi concedida a liberdade, mas o acusado de 62 anos, não pode em hipótese alguma se aproximar da vítima. O juiz reforça que, as investigações sobre o caso continuam, disse ao site JNE.

Casos

Uma mulher foi presa na última sexta-feira (07) por ser conivente com os estupros cometidos contra a filha de 12 anos em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande. O autor dos estupros, o idoso de 80 anos, vizinho da vítima, também foi preso.

As prisões em flagrante por estupro de vulnerável, ocorreram na manhã desta sexta. De acordo com a polícia, as prisões foram feitas pela Primeira Delegacia e DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher). O Conselho Tutelar compareceu ao distrito durante o flagrante.

Ainda segundo a polícia, a mãe tinha conhecimento dos estupros e não agiu para impedir a continuação dos abusos cotidianos. O pai da menina não foi encontrado, porém, pelas investigações, soube-se que ele também tinha conhecimento dos abusos. Ele também terá que prestar esclarecimentos à polícia.

De acordo com as investigações, mais cinco pessoas, não familiares, souberam dos abusos e não agiram para impedir ou denunciar. Diante disso, os cinco serão indiciadas por omissão de socorro. A Polícia Civil esclarece que há o dever legal das pessoas que sabem de abusos sexuais contra crianças e adolescente de agir ou denunciar.

Dois irmãos do Buriti

O homem de 62 anos foi preso em flagrante por estupro de vulnerável nesta segunda-feira (10) em Dois Irmãos do Buriti, cidade a 116 quilômetros de Campo Grande.  A delegada titular da cidade, Nely Macedo, contou que o autor abordou duas crianças, um menino de 5 anos e uma menina de 8.

O mais novo conseguiu fugir, mas ele conseguiu pegar a menina e a beijou a força e passou a mão por debaixo de sua blusa.

“O que ele não esperava é que, tinham servidores realizando um trabalho de recapeamento asfáltico próximo ao local do fato e o funcionário que estava na máquina, avistou o idoso abusando da criança e imediatamente foi com o veículo em direção aos dois. O homem tentou se esconder entrando em um lote, mas o servidor avisou os colegas e com ajuda de populares, cercaram o local e imobilizaram o homem até a chegada da Polícia Militar”, disse a delegada.

Ele foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia da cidade, e, após todos os procedimentos cabíveis, levado para o Presídio no município, onde está a disposição da Justiça. A criança foi acolhida pelo Conselho Tutelar.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...