‘Agora vem conversar’: após colisão no trânsito homem faz ameaças com arma

Vítima de acidente perseguiu carro e acabou sendo ameaçada

Colisão durante uma ultrapassagem terminou em ameaças com arma de fogo, na madrugada deste domingo (8), em Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, após o veículo envolvido fugir do local do acidente, a vítima perseguiu o carro pelas ruas da Capital. Ao chegar em uma residência do Coophavilla, o motorista teria feito ameaças com uma arma.

No registro consta que um homem seguia em uma picape na avenida Campestre – região sul de Campo Grande. O condutor relatou que nas proximidades com avenida Gunter Hans, o veículo foi ultrapassado por um Ford Fiesta, que colidiu na dianteira do veículo dele.

Segundo a vítima, no carro de passeio estavam duas mulheres e motorista. O veículo não parou no momento da batida, vindo estacionar posteriormente, pois, o pneu estava furado. Neste momento, a vítima disse ter conversado com o motorista do Ford Fiesta, acionou a Polícia Militar e também chamou alguns amigos.

Conforme o registro, o motorista e as duas mulheres entram no carro e foram embora em alta velocidade. Com isso, a vítima, acompanhada dos amigos, decidiu perseguir o veículo até uma casa do Coophavilla.

A vítima contou aos policiais que o condutor do Ford Fiesta apareceu com uma arma de fogo e fez ameaças, dizendo: “Agora vem conversar, vem negociar”. A vítima e os amigos saíram do local e foram até à Depac Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga registrar o corrido.

Mais notícias