Suspeitos de matar ex-vereador e esposa já foram presos no interior

Foram mortos a facadas e um corpo queimado

Quatro suspeitos, que não tiveram os nomes divulgados, de envolvimento na morte do ex-vereador, Cristóvão Silveira, e sua esposa, Fátima Silveira já foram presos. Dois deles, o caseiro e o filho, foram localizados em Anastácio, a 140 quilômetros de Campo Grande, por equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) e do Batalhão de Choque.

Os outros dois suspeitos, ainda não identificados, foram flagrados na rodovia enquanto tentavam levar a caminhonete para a Bolívia. O carro foi abandonado e eles fugiram em meio a um matagal.

Equipes do Batalhão de Choque chegaram a chácara Bem te Vi, após uma informação de sequestro. Ao chegarem o local encontraram os corpos do ex-vereador Cristóvão Silveira e da esposa dele, Fátima Silveira. O corpo do ex-vereador estava com marcas de golpes de facão, o rosto estava desfigurado. A esposa dele teve o corpo parcialmente queimado, e segundo informações não confirmadas seria para cobrir rastros do crime de estupro.

O caseiro, que foi preso em Anastácio, assumiu a autoria do crime, mas não disse a motivação para os assassinatos. Os presos serão levados para o Garras.  E equipes de investigação devem ir ainda nessa manhã (quarta) na fazenda em que o crime aconteceu, para novas perícias.

O ex-vereador e a esposa foram mortos na noite desta terça-feira (18), em uma chácara na MS-080. Uma discussão teria acontecido no local e o caseiro com a ajuda do filho teriam assassinado os dois. Não há informações sobre qual a participação dos outros envolvidos no crime.

Mais notícias