Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

PF cumpre mandados na casa de chefe de suposto esquema golpista

São cumpridos mandados na Capital, Goiás e Brasília

A Polícia Federal cumpre mandados junto da Receita Federal em uma residência, no Bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande. A casa seria de um empresário suposto chefe do esquema de estelionato, que fez vítimas em vários estados brasileiros.

Não há informações de quantos mandados são cumpridos e quais seriam os mandados. Um condomínio de alto padrão, no Bairro São Francisco e a empresa Company também são alvos da operação Ouro de Ofir.

São cumpridos 19 mandados, sendo 11 de busca e apreensão, 4 de condução coercitiva e 4 de prisão temporária, 70 agente e policiais militares participam da operação para desarticular organização criminosa que atua como instituição financeira clandestina aplicando golpes e induzindo pessoas a fazerem investimentos em dinheiro para a obtenção de lucros financeiros.

O golpe era baseado na existência de uma suposta mina de ouro que foi explorada há muito tempo e cujos valores oriundos das comissões para a revenda estariam sendo repatriados e cedidos, vendidos ou até mesmo doados a terceiros, mediante pagamentos.

Muitas vítimas foram induzidas a investir em projetos cujos contratos não possuem lastro ou objeto jurídico plausível. Os investidores eram induzidos a depositar quantias para ter uma lucratividade de mais de 1.000%. Também eram falsificados documentos de instituições públicas federais na tentativa de oferecer credibilidade ao que era repassado às vítimas.

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...