Missa de 7º dia de Silveira e esposa será na igreja e no dia em que casariam

Nesta terça, o ex-vereador faria 66 anos

A missa de sétimo dia do ex-vereador Cristovão Silveira, 65, e sua esposa Fátima Silveira, 56, acontece às 19 horas desta terça-feira (25) na Paróquia Sagrado Coração de Jesus na Avenida Mato Grosso no Bairro Santa Fé, em Campo Grande. Os dois foram assassinados no último dia 18 na, na chácara Bem Te Vi, na MS-080, na Capital,

O filho do casal, o cineasta Filipi Silveira postou um texto no Facebook, onde relata que nesta terça, dia do aniversário do pai que faria 66 anos, também seria o dia do casamento dos pais. A cerimônia dos dois que eram casados somente no civil, ocorreria na mesma igreja onde será realizada a missa.

Leia a publicação:

Dia 25

Dia 25 será a Missa de Sétimo dia de meus pais.

Dia 25 é o aniversário de meu pai.

Dia 25 é o dia que meus pais iriam se casar.

Sim, eles iriam se casar. Se casaram novos apenas no civil, mas este ano resolveram fazer uma pequena cerimônia para comemorar e ao mesmo tempo preencher esta lacuna, após participarem de um encontro de casais. Meu pai desajeitadamente fez uma surpresinha pra minha mãe para simbolizar o pedido de casamento e ainda errou o número do anel…êêêê Silveeeeeeeeeeira. Estavam radiantes, minha mãe tinha se curado da depressão. Pareciam dois adolescentes novamente.

Dois este é o número deles. Esses dois, aqueles dois, lá vem os dois.
Não existia Silveira sem Fátima e nem Fátima sem Silveira. Um completava o outro, eram parceiros na vida e no trabalho. Os dois eram um só! Os dois contruíram uma vida e uma família juntos, os dois trabalhavam juntos e lutaram juntos. Dois leões. Dias atrás, o meus Leões sofreram uma emboscada de um bando de hienas covardes. Meu Leão pai gritou, minha mãe Leoa poderia ter corrido pra pedir ajuda, mas não, ela pegou um machado e foi pra cima, mulher forte, mulher guerreira, minha amazona, os dois lutaram juntos e foi ela com um machado em mãos fez um estrago que quase derrotou o líder deles. Meus Heróis perderam a batalha, mas se tem algo que acontece com Heróis quando partem dessa vida, é que se tornam lendas, o corpo se vai, mas o nome fica. Meus pais eram muito intensos, meus pais ajudaram e ajudavam muita gente. Deixaram marcas e um pedacinho deles em muitas pessoas, uma vez durante uma das campanhas eleitorais de meu pai discursei para eles:

_ “Quando eu era criança, meu pai trabalhava muito, não lembro dele me levar a parquinhos ou brincar por aí. Me tornei um adulto complexado e triste? Claro que não. Hoje depois de adulto só posso dizer que tenho orgulho porque meu pai não estava cuidando só de minha família e sim trabalhando por muitas famílias de Campo Grande.” Os dois choraram e todos que estavam naquela casa se emocionaram. Os dois, meus dois, nossos dois. Eu, meu irmão Henrique Silveira e toda minha família convidamos todos que os amavam e respeitavam para a Missa de Sétimo Dia que será realizada no dia 25 de julho de 2017 (terça-feira) às 19 horas, na Igreja Sagrado Coração de Jesus, local onde foram acolhidos e iriam se casar, na Avenida Mato Grosso, 3280, em Campo Grande (MS). Novamente meu muito obrigado pelas mensagens, amo vocês e buscarei ao máximo seguir em frente com minha arte, trabalhar muito e homenageá-los. Parabéns e Obrigado Papai e Mamãe!

Mais notícias