Jovem alega estar ‘incorporado’ após agredir pai e danificar carro

Caso aconteceu em um centro de macumba, na Capital

Após flagrar o pai com uma mulher, um adolescente de 17 anos agrediu os dois e danificou o carro dela com uma pedra neste sábado (23) em um centro de macumba, na periferia de Campo Grande. Ao ser questionado pela polícia, o jovem alegou que estava “incorporado”.

Evadido da Casa de Guarda, o rapaz viu o pai com uma jovem comerciante autônoma, de 25 anos, e partiu para a agressão. O patriarca da família é pai de santo e disse que estava fazendo um trabalho espiritual.

O adolescente provocou ferimentos leves no pai e acertou a cabeça e o rosto da mulher. Não satisfeito, ainda atirou uma pedra no carro dela: um Fiat Pálio.

A polícia dominou o jovem e o levou para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. Ele foi apreendido e deve ser levado novamente para a Casa de Guarda.

O pai de santo se prontificou a reparar os danos ao veículo. Ele alega que o filho saiu na sexta-feira (23) de casa, às 19h, e voltou somente hoje, às 16h, e que não sabe que tipo de substância ele pode ter tomado ou usado.

Jovem alega estar ‘incorporado’ após agredir pai e danificar carro
Mais notícias