Ciclista armado faz arrastão, mas é preso no momento em que roubava celular

Guarda Municipal identificou sete vítimas 

Um jovem de 23 anos, identificado como Diego de Souza Brito, foi preso na noite desta segunda-feira (25) depois de fazer um arrastão e roubar sete pessoas no mirante do Aeroporto Internacional, na Avenida Duque de Caxias, em Campo Grande. O suspeito foi flagrado por equipes da Guarda Municipal no momento em que rendia e assaltava a última vítima.

De acordo com a polícia, os crimes aconteceram por volta das 21 horas. Guardas municipais realizavam rondas pela região quando foram abordados por uma das vítimas. Ela contou que tinha sido assaltada por um homem armado de revólver, que estava de boné e em uma bicicleta.

Com as informações, os servidores iniciaram buscas pela Avenida Duque de Caxias e quando avistaram um suspeito, com as mesmas características, perceberam que ele rendia mais uma vítima. No momento da abordagem, o suspeito ainda tentou fugir de bicicleta, mas foi capturado.

Foram encontrados com Diego sete celulares e dois relógios, além do revólver calibre 22, com quatro munições, que era usado para ameaças as vítimas.

No local, os guardas conseguiram identificar sete pessoas que haviam sido assaltadas pelo rapaz. Uma costureira de 40 anos, uma secretaria de 41, uma artista de 33 anos, um vigilante de 35, um estudante de 15 e uma mulher de 33 e um militar do exército de 45 anos. Todos as vítimas reconheceram Diego como autor do crime.

Ele foi levado para o Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde foi autuado em flagrante e permanece preso. Diego possui várias passagens pela polícia e foi condenado a seis anos e dois meses de reclusão por praticar dois roubos na região do Bonança.

Na data, abril de 2014, ele e um adolescente saíram de moto pelo bairro para roubar celulares. Com um simulacro, Diego rendeu duas pessoas, antes de ser preso pela polícia militar, meses depois foi condenado ao regime fechado, mas desde dezembro do ano passado estava em liberdade condicional.

Mais notícias