Bope reforça busca por bandidos que dispararam 40 tiros contra PMs

Militares foram alvos enquanto fazia abordagem a S-10

Equipe do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) da Polícia Militar de Campo Grande reforça o efetivo de Nova Alvorada do Sul, que fica a 120 km de Campo Grande, depois que militares foram alvo de cerca de 40 tiros disparados, a princípio, por ocupantes de uma SW4, na última terça-feira (4).

Os militares do município receberam a informação de que dois veículos havia ‘furado’ barreira policial em Ipezal e trocado tiros com os policiais. Sem informação sobre os carros, a equipe montou barreira na MS-145 e abordaram uma camionete S-10.

No momento da abordagem, outro veículo SW4, com quatro pessoas no interior, se aproximou e passou a efetuar disparos contra os policiais, um total de 40 tiros. Os militares se esconderam atrás da viatura houve troca de tiros.

Neste momento, o condutor da caminhonete, que seria o batedor da SW4, conseguiu sair com a caminhonete, mas teve o pneu atingido por um disparo e acabou abandonando o veículo.

A polícia não tem informações de o suspeito fugiu a pé ou recebeu apoio dos suspeitos que estavam na SW4, que após troca de tiros seguiu rumo ao distrito de Casa Verde. Conforme o Nova Alvorada Notícias, viatura do Pelotão de Nova Alvorada do Sul, de Ipezal e uma viatura da DOF  (Departamento de Operações de Fronteira ) tentaram localizar os autores, logo após o ocorrido, em estradas vicinais, mas até o momento ninguém foi encontrado.

O tenente-coronel Wagner Ferreira da Silva, do Bope, reconhece a gravidade do ocorrido e afirma que a equipe deve permanecer na cidade até que não haja evidência de risco para o efetivo da região. Os militares também apoiam as buscas pelos suspeitos e ‘ligação’ dos autores com outros crimes.

Mais notícias