Traficantes se escondem no mato e são presos após perseguição e tiroteio

Três homens foram detidos 

Depois de uma perseguição, troca de tiro e a apreensão de 237 quilos de maconha, policiais do BPChoque ( da Polícia Militar) e do Bope (Batalhão de Operação Policiais Especiais ), prenderam três suspeitos de envolvimento com o tráfico nesta segunda-feira (26). Os homens estavam escondidos em um matagal na margem da , saída para Rochedo.

O caso começou na noite deste domingo (25). Os suspeitos estavam em um Hyundai IX35 e chamaram a atenção de populares depois de perguntarem como chegar à saída para Rochedo, cidade a 74 quilômetros de Campo Grande. Os militares do Choque então foram acionados e surpreenderam o grupo próximo ao Detran-MS.

Neste momento foi dada ordem de parada ao condutor do carro, que fugiu em alta velocidade. Aproximadamente 10 quilômetros depois, o motorista do Hyundai perdeu o controle da direção, rodou na pista e parou na margem da rodovia. Ao sair do carro, um dos suspeitos disparou contra os militares que revidaram.

Os suspeitos não foram encontrados, mas no carro foram apreendidos 234 tabletes de maconha, que após pesados totalizaram 237 quilos da droga. Já na manhã desta segunda-feira (26), os policiais do Choque foram novamente acionados depois que populares avistaram um homem ferido andando no matagal na mesma região.

No local, os policiais encontraram Francisco Onilson Silva dos Santos, de 30 anos, com um ferimento no braço. Ao ser preso ele contou que conduzia o Hyundai IX35, e que foi contratado para levar a droga de Ponta Porã para Goiânia. O homem ainda afirmou que saiu de Fortaleza para realizar o transporte, pelo qual receberia R$ 5 mil.

Conforme o tenente Vieira, do BPChoque, Francisco contou também que ao descer do carro, um dos comparsas, conhecido como ‘Alemãozinho’, atirou contra os policiais e ele acabou ferido na troca de tiros. O suspeito foi levado para o UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida, mas em virtude a gravidade do ferimento no braço direito, foi transferido para a Santa Casa.

Em continuidade a ocorrência, policiais do Bope foram chamados para realizar novas buscas da região. Segundo o capitão Vinicius de Souza Almeida, 16 militares, divididos em quatro equipes, conseguiram prender outros dois suspeitos a cerca de dois quilômetros do local em que o carro foi abandonado.

Wanderson Soares Fontes, de 23 anos e Lucas Pereira dos Santos, de 22 anos, não ofereceram resistência, pois estavam cansados e acabaram presos. Pelo caminho, os policiais ainda apreenderam uma pistola 9mm, celulares, mochilas e até uma camisa suja de sangue. O caso é registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro. (Matéria alterada às 16h19 para acréscimo de informação)

Traficantes se escondem no mato e são presos após perseguição e tiroteio
Mais notícias