Mundo

Twitter diz que não desbloqueará Trump nem se houver reeleição em 2023

Bloqueado desde janeiro, o ex-presidente Donald Trump deve continuar com as contas bloqueadas no Twitter.

Dândara Genelhú Publicado em 15/02/2021, às 12h31 - Atualizado às 16h46

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução. - Foto: Reprodução.

Bloqueado desde janeiro, o ex-presidente Donald Trump deve continuar com as contas bloqueadas no Twitter. Em entrevista, o CFO da rede social, Ned Segal, afirmou que a empresa não pretende desbloquear Trump nem se ele voltar para a presidência dos Estados Unidos em 2023.

O CFO do Twitter disse que as publicações de Trump sempre foram monitoradas de perto por representantes da rede social. Diante de várias publicações ofensivas e preconceituosas, o ex-presidente teve a conta bloqueada em janeiro deste ano.

“Estamos tentando prevenir a violência e bloquear qualquer perfil que a incentive. Se alguém fizer isso, devemos removê-lo da rede social e garantir que nunca mais volte”, disse Ned Segal. O CFO destacou que a conta do Twitter de Trump era a principal forma de comunicação do ex-presidente.

Entretanto, lembrou que depois de assumir a presidência, as redes sociais dele começaram a ser bloqueadas com frequência. No final do mandato, Trump foi banido e teve o perfil oficial bloqueado permanentemente pelo Twitter.

Jornal Midiamax