Mundo

Sobrevivente de tragédia da Chapecoense se envolve em novo acidente e fica vivo

Existe um ditado popular que diz: “quando é a hora da pessoa, não tem jeito”, muitas vezes utilizados em situações onde alguém perde a vida de maneira inusitada. As vezes essa mesma frase vale, se usada ‘ao contrário’: “quando não é a hora, não adianta”. Algo que se encaixa perfeitamente na vida de Erwin Tumiri, […]

Gabriel Neves Publicado em 04/03/2021, às 09h49 - Atualizado às 09h51

Erwin Tumiri foi um dos seis sobreviventes de acidente da Chapecoense. (Foto: Arquivo Pessoal)
Erwin Tumiri foi um dos seis sobreviventes de acidente da Chapecoense. (Foto: Arquivo Pessoal) - Erwin Tumiri foi um dos seis sobreviventes de acidente da Chapecoense. (Foto: Arquivo Pessoal)

Existe um ditado popular que diz: “quando é a hora da pessoa, não tem jeito”, muitas vezes utilizados em situações onde alguém perde a vida de maneira inusitada. As vezes essa mesma frase vale, se usada ‘ao contrário’: “quando não é a hora, não adianta”.

Algo que se encaixa perfeitamente na vida de Erwin Tumiri, um dos seis sobreviventes da tragédia da Chapecoense, em 2016, que passou um novo grave acidente e saiu vivo mais uma vez.

O boliviano estava em um ônibus que capotou em uma rodovia próximo a cidade de Ivirgarzama, na Bolívia, e deixou 21 vítimas fatais na madrugada desta terça-feira (2).

Segundo familiares, o técnico de tripulação teve lesões no joelho e arranhões nas costas, mas sem gravidade, conforme publicado no portal GE.

“Ele está estável, graças a Deus, mais uma vez ele foi salvo. Eu conversei com ele e ele disse que está bem. É com a força do Senhor, ele sempre cuida de nós e tem seu tempo”, disse a irmã de Erwin, Lucia Tumiri, em entrevista ao jornal Los Tiempos.

Jornal Midiamax