Mundo

Em dia mais sangrento, 18 manifestantes são mortos em Mianmar

Ao menos 18 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas após a polícia de Mianmar abrir fogo contra manifestantes neste domingo (28), em Yangon. O dia já é mais sangrento desde o golpe militar no início do mês. De acordo com o jornal O Globo, tiros foram disparados em diversas partes da cidade depois que […]

Renata Fontoura Publicado em 28/02/2021, às 11h18

Mais de mais de 30 ficaram feridos - Foto: STRINGER/REUTERS
Mais de mais de 30 ficaram feridos - Foto: STRINGER/REUTERS - Mais de mais de 30 ficaram feridos - Foto: STRINGER/REUTERS

Ao menos 18 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas após a polícia de Mianmar abrir fogo contra manifestantes neste domingo (28), em Yangon. O dia já é mais sangrento desde o golpe militar no início do mês.

De acordo com o jornal O Globo, tiros foram disparados em diversas partes da cidade depois que granadas de choque, gás lacrimogêneo e tiros para o ar não conseguiram dispersar as multidões.

Vários feridos foram arrastados por outros manifestantes, deixando manchas de sangue nas calçadas, mostraram imagens da imprensa local.

Um homem morreu depois de ser levado a um hospital com uma bala no peito, disse um médico que pediu para não ser identificado.

Jornal Midiamax