Trump chama impeachment de ‘desgraça’ com fins políticos

O presidente americano, Donald Trump, chamou o processo de impeachment contra ele de “desgraça” com o objetivo de “infligir dor política”, um dia após ter sido absolvido pelo Senado americano.

“Eu não fiz nada errado e o resultado é esse”, disse, ao levantar a capa do jornal Washington Post com a absolvição como manchete em destaque. Os comentários foram feitos em declarações na Casa Branca.

Ele defendeu que o Partido Democrata inventou provas durante seu processo de impeachment. Trump afirmou que as investigações começaram com a possível interferência da Rússia nas eleições de 2016, que culminou no relatório do conselheiro especial Robert Mueller, mas era tudo “besteira”.

No processo de que foi absolvido ontem, Trump era investigado por uma ligação com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, em que pedia a investigação do ex-vice-presidente Joe Biden, também pré-candidato democrata à presidência. O republicano era acusado de abuso de poder e obstrução do trabalho legislativo.

O republicano afirmou ser vítima de uma “caça às bruxas” desde que chegou à Casa Branca, o que, desde então, “nunca parou”.

Mais notícias