Mundo

Polícia de Hong Kong prende 90 em protestos contra o adiamento das eleições

Pelo menos 90 pessoas foram presas neste domingo (06), sob suspeita de “reunião ilegal”, em protestos contra a decisão do governo de Hong Kong de adiar as eleições legislativas, informou a polícia local. As eleições em Hong Kong seriam disputadas exatamente neste domingo, contudo a líder do governo, Carrie Lam, adiou no dia 31 de […]

Agência Estado Publicado em 06/09/2020, às 09h36

Foto: Lusa.
Foto: Lusa. - Foto: Lusa.

Pelo menos 90 pessoas foram presas neste domingo (06), sob suspeita de “reunião ilegal”, em protestos contra a decisão do governo de Hong Kong de adiar as eleições legislativas, informou a polícia local.

As eleições em Hong Kong seriam disputadas exatamente neste domingo, contudo a líder do governo, Carrie Lam, adiou no dia 31 de julho a votação pelo período de um ano. Lam culpou o aumento nos casos de coronavírus para tomar tal decisão. No entanto, críticos afirmaram que seu governo temia que a oposição ganhasse cadeiras se a votação ocorresse dentro do prazo.

Protestos contra o governos vêm sendo realizados em Hong Kong quase todos os fins de semana desde junho de 2019. Eles eclodiram por causa de uma proposta de lei de extradição e se espalharam com pautas por mais democracia e críticas aos esforços de Pequim para aumentar o controle sobre a ex-colônia britânica.

Jornal Midiamax