Paraguai declara emergência e anuncia investimento de mais US$ 530 milhões em saúde

Medidas têm o aval do Congresso Nacional do Paraguai

O presidente do Paraguai Mario Abdo Benitez declarou estado de emergência diante da pandemia do coronavírus e anuncia medidas administrativas, fiscais e financeiras. Com o aval do Congresso Nacional, o Executivo poderá fazer empréstimo de até US $ 1, 6 bilhões. Desse total, US $ 530 milhões será investido em saúde.

Abdo Benitez postou mensagem no Twitter em agradecimento ao apoio do Congresso Nacional, que fez algumas modificações no projeto original. “Valorizamos o compromisso de toda a classe política nesse momento difícil que todos os paraguaios estão passando”, comentou o presidente.

O ministro das Finanças do Paraguai, Benigno Lópes ressaltou que o esforço de todo pacote de medidas econômicas é de 5% do PIB (Produto Interno Bruto). “Isso sem dúvida afetará as condições macroeconômicas nos próximos anos”, explicou o ministro.

Segundo informações do ABC Color, o ministrou reafirmou que dos recursos oriundos do empréstimo, US $ 530 milhões serão usados para fortalecer o sistema de saúde paraguaio. Boa parte dos recursos também será alocada para incentivar o emprego formal e informal.

 

Mais notícias